10 fados fundamentais para entender Portugal

10 fados fundamentais para entender Portugal

Assim como o samba no Brasil, o fado é o estilo musical que traduz em versos e melodia as raízes culturais de Portugal. Não à toa, ele foi considerado Patrimônio Cultural e Imaterial da Humanidade pela Unesco, em 2011. Geralmente cantado por uma pessoa, cuja voz é acompanhada por uma guitarra clássica, também conhecida como viola, e uma guitarra portuguesa, a sua origem remonta aos anos 1800. Algumas teorias afirmam que ele pode ter surgido em um período anterior, porém não há registros históricos que confirmem essa hipótese.

Inicialmente, o fado estava presente principalmente nos momentos de convívio e lazer das noites lisboetas, entoado por prostitutas, ex-prisioneiros, marinheiros e beberrões. Ao longo do século 19 e início do século 20, entretanto, se popularizou, tornando-se parte dos eventos festivos populares da cidade, como o carnaval. Além disso, foi também explorado pelo Teatro de Revista — gênero dramático nascido em Lisboa, em 1851.

A partir de 1930, começaram a surgir as primeiras companhias fadistas profissionais. Duas delas se destacaram, consagrando alguns dos maiores nomes do fado nacional: Grupo Artístico Propaganda do Fado, do qual participaram Júlio Proença, Deonilde Gouveia e Joaquim Campos; e o Grupo Artístico de Fados, pelo qual passaram Berta Cardoso, João da Mata, Armando Augusto Freire, Martinho d’Assunção e Madalena de Melo.

Nos anos seguintes, além das casas de espetáculo, o fado ganhou também o rádio. O que permitiu que se popularizasse em todo o território de Portugal e até em outros países. Em 1980, cem anos após seus primeiros registros, o fado enfim foi reconhecido oficialmente como patrimônio cultural português. Algumas de suas canções icônicas, que ajudam também a conhecer um pouco da cultura e história de Portugal, foram reunidas em uma lista. Todas as músicas selecionadas podem ser ouvidas no Spotify. Para isso, é necessário ter registro no serviço, que possui opção de assinatura gratuita.

 

Clique no link para ouvir: 10 fados fundamentais para entender Portugal